quinta-feira, 30 de junho de 2011

Sistema Límbico


Estudar o funcionamento do cérebro humano é uma coisa que me encanta. Aparentemente não temos a dimensão de sua complexidade. Cada estrutura com uma função individual e ao mesmo tempo necessitando uma da outra para se completarem, fazerem a “engrenagem” funcionar de forma correta. Por mais que se tenha descoberto muita coisa a respeito do funcionamento do cérebro, podemos passar anos estudando que nunca conseguiremos desvendar todos os mistérios que cercam esse fascinante emaranhado de significados. Uma parte do cérebro chama minha atenção em especial: O Sistema Límbico. Sabe quando você sente alegria, tristeza, raiva, medo, reação de luta e fuga, emoção e razão, prazer e recompensa? Quem está por trás de tudo isso é o sistema límbico, composto por: giro do cíngulo, giro para-hipocampal, hipocampo, corpo amigdalóide, núcleos mamilares, etc. Sem falar no circuito de Papez, importante no mecanismo das emoções e da memória. Sendo assim o Sistema límbico é responsável primordialmente por controlar as emoções e secundariamente participa das funções de aprendizado e memória, podendo também participar do sistema endócrino. A palavra emoção deriva do latim movere, mover, por em movimento. É essencial compreender que a emoção é um movimento de dentro para fora, um modo de comunicar os nossos mais importantes estados e necessidades internas. Portanto, muitas coisas que postarei aqui será culpa do Sistema Límbico ok. (rsrsrs)

2 comentários: